Créditos ao consumo – Evolução novembro 2018

Foram disponibilizados para créditos ao consumo, pelos bancos e financeiras,  629 milhões de euros em novembro, um decréscimo face ao mês anterior e em termos homólogos. Valores publicados a 15 de janeiro pelo Banco de Portugal.

Números dos créditos ao consumo

Comparando com o mesmo mês do ano passado houve as seguintes variações:

Crédito Pessoal

-7,5% que representam menos 270 milhões de euros.

Crédito Automóvel

-6,0% que representam menos 251 milhões de euros.

Cartões e descoberto

+6,8% que representam mais 108 milhões de euros.

 

Nas imagens seguintes poderá visualizar a variação homóloga do número e do montante de novos créditos em novembro 2018 comparado com novembro 2017.

Fonte: Banco de Portugal

Para informações mais detalhada poderá consultar diretamente na publicação realizada pelo Banco de Portugal. 

Causas do decréscimo dos créditos ao consumo

A proximidade da quadra natalícia ditou uma travagem no crédito ao consumo. A quebra na concessão de empréstimos para consumo aconteceu apesar de novembro ser um mês típico de compras para a quadra natalícia. O crédito automóvel e os créditos pessoais foram os que mais contribuíram para a redução do número de empréstimos concedidos.

Conte connosco

Ao ler este artigo deu conta que tem vários créditos?
A aquisição rápida de crédito sem analisar os custos associados pode trazer-lhe dores de cabeça a médio/longo prazo pois com a impulsividade do consumo nem sempre se tomam as melhores decisões.

Se já tem outros créditos ao consumo e pretende reuni-los num só por favor contacte-nos preenchendo o nosso formulário.

Existem diversas vantagens no crédito consolidado nomeadamente o facto de conseguir fazer poupanças na ordem do 60% como aconteceu neste testemunho.

Simule no nosso simulador e comece já a poupar!

Se necessita de algum esclarecimento, preencha o nosso simulador abaixo ou entre em contacto connosco.

 

Simulador de Crédito

Formato XXXX-XXX. Apenas Números e o separador -.
(se possuir habitação própria e/ou arrendada)
(escolha SIM apenas se estiver documentado no Banco de Portugal)