Taxas máximas aplicáveis nos contratos de crédito

As taxas máximas aplicáveis pelas instituições de crédito são emitidas trimestralmente pelo Banco de Portugal.

As novas taxas são aplicadas aos novos créditos que sejam realizados ou renegociados após cada publicação do BP.

taxa máxima

Das Taxas mais baixas desde 2010 nos cartões de crédito.

A TAEG aplicada no cartões de crédito voltou a sofrer um novo corte e desde 2010 que este valor não era tão baixo. O teto máximo situa-se agora nos 15,3% comparado com os 15,7%  estipulados no trimestre passado.

A tendência é de decréscimo nas TAEG.

A descida dos juros aplica-se em quase todas as finalidades do crédito ao consumo.

Só os créditos pessoais com finalidades específicas (educação, saúde, energias renováveis e locação financeira de equipamentos) registam um aumento de 5,8% para 5,9%, contrariando esta tendência.

No crédito automóvel, as reduções também são visíveis.

  • Leasing ou ALD de viaturas novas desceu de 5,0% para 4,8%.
  • Leasing ou ALD de usados desceu de 6,0% para 5,9%.
  • Crédito com reserva de propriedade de viaturas novas desceu de 9,4% para 9,3%.
  • Crédito sem reserva de propriedade de usados desceu de 12,1% para 12,0%.

Crédito Pessoal e Consolidado com taxas cada vez mais baixas.

No crédito pessoal a taxa desceu de 13,3% para 13,2%. Neste tipo de créditos sem finalidade específica também podemos incluir o crédito consolidado, e créditos com outras outras finalidades.

Se procura estes tipos de crédito pode entrar em contacto connosco ou preencher o nosso formulário que iremos ao encontro das suas expectativas e necessidades. Trabalhamos com os melhores parceiros para lhe conseguir oferecer as melhores condições do mercado.

Faça já a simulação.

 

Simulador de Crédito

Formato XXXX-XXX. Apenas Números e o separador -.
(se possuir habitação própria e/ou arrendada)
(escolha SIM apenas se estiver documentado no Banco de Portugal)